Vila Naiá: o primeiro Glamping do Brasil

Não se sabe ao certo a origem da expressão “art de vivre” – em tradução livre, arte de viver. Ninguém duvidaria, no entanto, se surgisse uma lenda que atribui sua criação a um francês encantado com Corumbau (longe de tudo na língua dos índios Pataxó), no Sul da Bahia.

E foi lá que os portugueses se apaixonaram pelo Brasil em 1500, com seu mar límpido e calmo, onde se avistam baleias, com a luz única do paralelo 17 e cores que fariam William Turner pintar sem parar.

Antes da categoria glamping (glamour + camping) se tornar tendência de hospedagem internacional, antes mesmo dela ter sido inventada para designar meios de hospedagens luxuosos e autênticos, isolados no mundo e em comunhão com a natureza exuberante, a  empreendedora Renata Mellão chegava em Corumbau e construía seu Vila Naiá, com 4 suítes e 4 casas distribuídos em uma área de 50 mil m2 que reproduzem o encanto e o charme da vila local e valorizam as tradições da região, sem deixar de lado o requinte nos serviços, o sofisticado design de interiores e a excelência gastronômica.

Leia completo no site WhereCuritiba

Leave a Comment